Para saber o mais rápido possível destas novidades e também sobre novos artigos, está agora disponível subscrever o blog por email. Receba no seu mail todas as acutalizações do Trocos por Miúdos.

Quarta-feira, 29 de Agosto de 2012
Obrigações e o mercado primário - REN 6,25%

Obrigações são um tipo de aplicação financeira que está na moda, de tal forma que este tema há um par de anos era desconhecido para a maioria dos portugueses e agora está a ser muito divulgado, com várias empresas portuguesas a disponibilizá-las.

O artigo completo relativo a este tema pode ser lido nesta ligação, tendo sido escrito em parceria com o Blog de Finanças Pessoais.

Nele faço uma introdução à temática das obrigações e sobre a forma de as comprar em mercado primário.

 

E isto vem a propósito de uma nova emissão de obrigações por parte de uma empresa portuguesa, a REN - Redes Energéticas Nacionais.

Esta emissão a 4 anos paga um cupão de 6,25% (dividido em dois pagamentos semestrais) e está disponível a partir de 3 de Setembro, para montantes a partir de 1000€ (só se pode comprar em múltiplos deste valor).

Informações sobre obrigações REN

 

E estas obrigações valem a pena?


Penso que são comparáveis às restantes emissões feitas pela Sonae, EDP, PT, etc... São todas empresas portuguesas com alguma credibilidade, com dificuldades de financiamente devido à crise da dívida portuguesa, mas em princípio sem grandes probabilidades de não pagarem nos próximos 3/4 anos.

A taxa destas obrigações é mais baixa do que no caso da emissão da Sonae ou Semapa, o que aliás era de esperar que acontecesse, a acompanhar as quedas da taxas de juro e a ligeira recuperação de confiança dos mercados em Portugal. Ainda assim, continua a ser uma taxa atrativa, acima do que se consegue em qualquer depósito a prazo, logo com uma relação risco/retorno a meu ver bastante positiva.

 

E aqueles cuidados a ter que recomenda? Nomeadamente bancos intermediários e o rateio?


Começando pelo fim, o rateio será semelhante ao da Sonae. Ou seja, estão garantidos até 5000€ por comprador, e mais que isso está sujeito a rateio. A prioridade para o rateio será dada aos compradores mais antigos. Isto quer dizer que se se quiser investir bastante acima de 5000€, quando mais cedo se comprar mais probabilidades terá de conseguir colocar tudo aquilo que se quer. 

 

A nível de bancos, não sei quais serão os intermediários principais, mas à partida um salta-me à vista - o banco BiG.

Isto é uma boa notícia, pois o BiG é um banco habituado a negociar obrigações (sobretudo em mercado secundário) e é muito razoável a nível de comissões. O preçário deles para este caso particular pode ser encontrado aqui. De positivo destaca-se a ausência de comissões de custódia e a baixa comissão de subscrição (0,1% com mínimo de 3€). As comissões sobre os juros e de amortização (quando o dinheiro é devolvido no final) são o habitual, não devendo haver grandes diferenças para outros bancos.

Para além do mais, abrir conta no BiG não tem custos e não há quaisquer comissões de manutenção de conta. A não ser que apareça novamente algum banco a isentar todas/parte das comissões (caso do Carregosa e do Popular na emissão da Sonae), penso que este será um bom banco para subscrever estas obrigações.

 

Para minimizar ao máximo o peso das comissões, recomendo um investimento mínimo de 3000€, já que é quando a comissão mínima de 3€ corresponde exactamente aos 0,1%. Mas mesmo 2000€ já bem rentável.

 

Quem quiser mais informações pode consultar a página do BiG relativa a este assunto, onde estão disponíveis os vários prospectos completos para os amantes de literatura financeira técnica.

publicado por ruicarlov às 16:14
link do post | comentar | favorito
|
15 comentários:
De Nuno a 2 de Setembro de 2012 às 22:47
Olá Rui
Realmente as obrigações estão na moda!

São vendidas como se de Depósitos a prazo se tratassem, quando não é assim. O risco é bem superior. Pois é uma aplicação sem capital garantido.

São modas. Os melhores investimentos para mim não são produtos financeiros. Existem tantas alternativas ;-)

Votos de sucesso
De Anónimo a 3 de Setembro de 2012 às 17:43
Boas Nuno!

Aproveito para perguntar que tipo de investimentos se está a referir quando diz que não são "aplicações financeiras"?

Thanks!:)
De Nuno a 4 de Setembro de 2012 às 00:11
Olá
Existem muitos investimentos que não são produtos financeiros, no artigo seguinte exponho algumas ideias: http://investidor.pt/onde-investir-5000-euros-varias-solucoes/

Nos investimentos financeiros, eu dia que a melhores oportunidades são negócios empresariais.

Votos de sucesso
De ruicarlov a 4 de Setembro de 2012 às 09:38
Percebo a ideia, mas investir em negócios não está ao alcance de qualquer um. De certa maneira, é preciso "ter alma" para o negócio. Obviamente que os rendimentos tirados daí podem ser maiores, mas comportam muito mais risco e possivelmente mais dores de cabeça.
Se calhar quem já tem um emprego não está com vontade de se meter em mais problemas. Mas pronto, fica a dica para as mentes mais viradas para negócios.
De sbnight a 29 de Dezembro de 2012 às 23:49
Concordo absolutamente com o Sr Rui, quem já tem trabalho, não dispõe consequentemente de muito tempo, e também como é o meu caso e pensar, não quero me sujeitar a enormes riscos e perdas...
De sbnight a 30 de Dezembro de 2012 às 00:22
O meu banco actual é o ActivoBank do grupo millennium, antes tinha no BCP Millennium mesmo, mas la cobravam me comissoes de conta,etc, por nao obdecer a certos criterios, como por exemplo domiciliacao de ordenado. Quando encontrei a possibilidade de mudar para um banco sem estas despesas, mudei.

No Activo já não pago despesas e manutencoes de conta o que ja me permite de poupar bastante ao fim do ano. E como estou emigrado tambem previligio poder movimentar/controlar tudo online o que acontece com o Activo tb.
Tenho um PPR numa seguradora do grupo millenium, e comecei a investir em depositos a prazo. Depois comecei e a interessar-me por investimentos, poupanças,etc...

Sr. Rui eu descobri o seu blog por um acaso.O* pois andava a pesquisar bancos com taxas para depositos a prazo mais atractivos que o meu e sem despesas/comissoes de contas,etc...

Estou a gostar muito do que leio e estou a aprender coisas de que desconhecia totalmente antes de encontrar o seu blog, penso que estão muito bem explicadas as "coisas" e com uma linguagem acessivel, e que são muito bons conselhos e ideias, depois cada um assimila e esolhe e guarda para si o que melhor entender, e conseguir...

Parabens e continue ! :) !

P.S. - Gostava de saber um pouco mais sobre obrigações(gostei do que li :) ou outras maneiras de investimento a curto prazo(1,2 anos máximo) pode me aconselhar e ajudar se faz favor?
De sbnight a 30 de Dezembro de 2012 às 00:26
Ola :)

Neste caso, ou no caso das obrigações em geral, normalmente em que prazos(1/2em 1/2ano) e onde são pagos os juros%rendimentos inerentes a este investimentos??

Obrigado
De ruicarlov a 30 de Dezembro de 2012 às 12:08
Os juros são pagos ou de 6 em 6 meses, ou anualmente, dependendo da obrigação.
Sobre a temática das obrigações, ainda me falta falar do mercado secundário, que consiste na recompra de obrigações que já foram lançadas no mercado primário. Bancos como o BiG, Invest a Activo têm uma lista de obrigações que podem sem compradas desse modo. Mas nos dias que correm as rentabilidades não são muito elevadas, pelo menos quando comparadas com os depósitos a prazo do PrivatBank. Já que o risco é maior, penso que as taxas oferecidas e os prazos não compensam muito. Há um ano atrás era um mercado muito interessante. De qualquer forma o site do big pode dar um ajuda para saber como funcionam.
Quanto a outras aplicações interessantes para o prazo de 1 ou 2 anos, de momento não conheço grande coisa. Para 4 anos ou mais ainda se arranjam uns seguros (como os do post mais recente), agora para menos que isso é complicado arranjar algo melhor que os depósitos a prazo do PrivatBank.
A única hipótese que vejo é aprender a constituir uma carteira de fundos bem feita. E ao contrário dos DPs, não há garantias de ter uma certa rentabilidade, embora uma coisa bem feita deva dar rentabilidades muito interessantes num prazo não muito longo.
De sbnight a 31 de Dezembro de 2012 às 01:00
Ok, muito obrigado pelos esclarecimentos :) Vou continuar a investir em dps a prazo entao,e tentar abrir a conta no Privat, para uma melhor rentabilização dos mesmos.

Reportando-me ao que você disse:
"A única hipótese que vejo é aprender a constituir uma carteira de fundos bem feita. E ao contrário dos DPs, não há garantias de ter uma certa rentabilidade, embora uma coisa bem feita deva dar rentabilidades muito interessantes num prazo não muito longo."

Gostaria de aprender mais coisas sobre este assunto(Carteira de fundos), visto eu ser totalmente "ignorante"-" nesta matéria...

Sr Rui peço-lhe então se faz favor, quando tiver disponibilidade(Sem pressas) me dê umas "aulas"/noções sobre esta vertente de investimento.

Obrigado pelos conselhos dados, e votos de um Excelente Ano de 2013 para si e seus entes queridos, e claro sempre com bons investimentos e lucros bem proveitosos !-_-!
De ruicarlov a 31 de Dezembro de 2012 às 12:02
Devo dizer que não sou especialista em fundos de investimento. Tenho algumas posições, mas foram sempre seguindo os conselhos de pessoas mais experientes. Existem milhares de fundos disponíveis no mundo. Só o BEST aqui em Portugal dá-lhe acessos a 2000 (ou era 5000). Como vê, dá pano para mangas. Uma das melhores gestoras de fundos é a Pimco, e a maior parte das carteiras que vejo mencionadas metem de uma forma ou de outra fundos desta gestora.
Se quer aprender sobre fundos, indico-lhe onde tenho aprendido algumas coisas sobre eles. São dois tópicos de fóruns diferentes:
http://www.forumfinancas.com/index.php?topic=7549.0
http://caldeiraodebolsa.jornaldenegocios.pt/viewtopic.php?t=77465
Penso que devem ser-lhe bastante úteis.
De joao rosario a 2 de Abril de 2013 às 10:34
PRIVATBANK. Alguem me pode ajudar no meu homebanking idioma portugues em depositos a praso e novos depositos a imagem mostra é depositos letonia todo escrito em portugues claro as taxas de juro são inferiores .algo esta errado era para mostrar depositos portugal.já sondei os outros idiomas e nada de depositos portugal.
De ruicarlov a 2 de Abril de 2013 às 13:40
É de facto muito estranho. Acedi ao meu homebanking e tudo estava normal, pelo que não é algo generalizado. Recomendo que contacte o banco sobre o sucedido.
De JOAO FRANCISCO a 12 de Abril de 2013 às 21:21
OBRIGAÇÕES MOTA ENGIL.DEPOSITEI NO MEU BANCO O DINHEIRO PARA ACOMPRA DE 21 OBRIGAÇOES. NO SIMULADOR QUE O BANCO ME DEU DAVA UMA TAXA DE JURO LIQUIDA DE 4 POR CENTO COME A PROCURA FOI MUITA O BANCO SO ME ATRIBUIO 4 MAS COME A AGUARDA DAS OBRIGAÇÕES ME CUSTA CADA TRIMESTRE 12 EUROS SEJÃO 4 OU 21 OBRIGAÇÕES. ACHO QUE FIZ UM MAU NEGOCIO. QUE FAZER SERA MELHOR VENDER JÁ.
De ruicarlov a 13 de Abril de 2013 às 11:10
Sim, foi de facto um mau negócio. Sempre que valo de obrigações, alerto sempre para os cuidados a ter a nível de custos de custódia e rateio. Como pode ver, a emissão da Mota-Engil só garantia 4 obrigações por pessoa: http://trocospormiudos.blogs.sapo.pt/5183.html

Quem comprou no primeiro dia consegui mais do que isso (pessoas que conheço conseguiram ficar com quase metade das obrigações que queriam), mas mais tarde que isso aconteceu essa situação.
Bancos que cobram custódias são de evitar quando os montantes garantidos são baixos. 2000€ é um valor particularmente baixo, comprando com as da REN ou Sonae, por exemplo.
Sugiro que venda essas obrigações, já que as comissões estão a dar cabo da rentabilidade.
De joao francisco a 14 de Abril de 2013 às 20:40
OK MUITO OBRICADO PELO SEU ESCLARECIMENTO AMIGO RUICARLOV VOU MESMO VENDELAS E POR O DINHEIRO NO PRIVAT.

Comentar post

.Subscrever por mail
.pesquisar
 
.posts recentes

. Poupar com cartões de cré...

. Mais quedas de taxas de D...

. Saída do PrivatBank de Po...

. Administre-se financeiram...

. Depósitos a prazo - A sit...

. Cartões pré-pagos

. Poupar com cartões de cré...

. Englobamento para o IRS d...

. Invest Choice Novos Depós...

. Os certificados de tesour...

.links
.Ganhar dinheiro na net (sites PTC)

Em Português:

.

Em Inglês:

.mais comentados
.Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.últ. comentários
E o cartão 123 do Santander? Dá cash back de 1% em...
Penso que isso seja mais caso a caso, pois todos o...
ola queria pedir uma opiniao.que cartoes ha por ai...
Olá, João!O cartão demora cerca de 1 semana a cheg...
Nem por isso. Parece que são cada vez menos os car...
Para quem faz compras nesses shopings pode ser que...
Conhecem este cartão?http://www.mundicenter.pt/mgc...
Há novidades (positivas) relativamente a este assu...
Ana, que documentos foram necessários para pedir o...
No meu caso o que me disseram era que estavam à es...
.arquivos

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

.tags

. todas as tags

.Directórios/Redes
Directorio de Blogs Portugueses
.subscrever feeds