Para saber o mais rápido possível destas novidades e também sobre novos artigos, está agora disponível subscrever o blog por email. Receba no seu mail todas as acutalizações do Trocos por Miúdos.

Terça-feira, 18 de Junho de 2013
Seguro de capitalização de longo prazo - Postal Valor Crescente

Uma das maiores vantagens de poupar no longo prazo através de seguros de capitalização reside na menor quantidade de impostos que são aplicados a esses rendimentos. A partir de 5 anos e 1 dia a taxa liberatória aplicada é 80% da normal, e a partir de 8 anos é 40% da normal. P

or este motivo, os seguros de capitalização só pagam juros no final do prazo, para beneficiar destas taxas reduzidas.

Para quem costuma englobar rendimentos de capitais, este benefício é menos imporante, já que aquilo que se retém de impostos é parcial ou totalmente reavido na declaração de IRS. Mas como a maior parte da população não está em condições de o fazer, este tipo de poupança pode ser bastante interessante.

Nesse segmento os correios têm o seguro de capitalização Postal Valor Crescente 2 em comercialização até 11 de Outubro. No entanto, é possível que acabe mais cedo se houver muita procura. A versão anterior deste produto (que rendia mais, por sinal) supostamente acabaria a 14 de Junho, mas devido à grande procura as subscrições acabaram mais cedo.

CTT

 

Com a duração de 8 anos e 1 dia, este produto paga taxas de juro crescentes que vão desde 3.2% a 6.0%. Os juros de cada ano são automaticamente reinvestidos no produto. Deste modo, não só se aumenta rentabilidade pelo efeito de capitalização, como todos os rendimentos ficam abrangidos pela taxa de retenção bonificada (11.2% de taxa liberatória no Continente e Madeira).

Segundo a simulação das informações pré-contratuais do produto, por cada 1000€ investidos, recebem-se 332.31€ de juros líquidos no final.

Isto significa que a rentabilidade anualizada deste seguro é de 4,15% líquidos

Nas condições atuais é um valor interessante, pois já não se arranja nada atrativo como o seguro de capitalização BES Vida Aforro 2012, que em Dezembro do ano passado ainda oferecia 5.93% líquidos. Por comparação, a série atual do BES Vida Aforro tem uma rentabilidade anualizada de  3,27% líquidos. Para além disso, o mínimo de subsrição são 1000€, sendo necessário ter conta no BES, o que pode ter custos de manutenção. O Postal Valor Crescente tem mais interesse, já que bastam 500€ para subscrever o produto, e não é necessário abrir conta em nenhum banco.


Gostava de frisar alguns pontos importantes:

1) Tal como a maior parte dos seguros de capitalização, o Postal Valor Crescente tem algumas penalizações de juros (ou até de capital se o resgate for no 1º ano) em casos de resgate antecipado. Logo a ideia é mesmo subscrever e manter até ao final. Mas 8 anos é bastante tempo, logo convém só aplicar dinheiro que possamos dizer com alguma margem de segurança de que não vamos precisar tão cedo;

2) Os benefícios fiscais, embora se mantenham há vários anos, podem muito bem mudar se o governo assim entender. Se tal vier a acontecer, a rentabilidade pode sofrer, caso seja decidido que até mesmo os seguros já em vigor sejam apanhados.

3) Consoante as taxas de juro evoluam, pode haver um custo de oportunidade em manter o dinheiro tanto tempo "preso" a uma determinada taxa. Atualmente temos taxas de referência muito baixas, comparando por exemplo com 2007 e 2008. Em caso de uma subida de taxas, estar preso ao que se contratou torna-se uma desvantagem. Mas é claro que existe o reverso da medalha. Se as taxas baixam, quem contratou o seguro em períodos de "vacas gordas" fica a ganhar. Por exemplo, quem conseguiu aproveitar o BES Vida Aforro 2012 fez um bom investimento.

Enquanto que nessa altura era possível afirmar com alguma confiança que estávamos ainda numa fase de taxas elevadas e que as rentabilidades estavam em queda, hoje é mais complicado prever o que vai acontecer. Já vi defender posições opostas. Algumas pessoas acreditam que manter as taxas de referência tão baixas é insustentável para a economia por muito mais tempo e que estas vão ter de subir. Por outro lado, as políticas dos bancos centrais empurram-nas ainda mais para baixo. No curto prazo, o cenário mais provável é mesmo uma descida (o Postal Valor Crescente anterior pagava 4.7% líquidos), mas não me ponho a adivinhar para prazos mais longínquos.

 

Para quem quiser apostar que as taxas se vão manter baixas, o Postal Valor Crescente pode ser uma boa opção a considerar.

 

Informação mais detalhada pode ser encontrada no site oficial e na ficha técnica.

publicado por ruicarlov às 10:21
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Paulo a 25 de Junho de 2013 às 14:49
Bom dia,

Felicito o criador deste blog super interessante.

Como faço para aderir a esta oferta, posso fazer-lo através da net?

Obrigado pela ajuda
De ruicarlov a 26 de Junho de 2013 às 11:09
Penso que só pode fazer através dos balcões dos correios
De jf a 13 de Julho de 2013 às 14:49
Este seguro tem os juros capitalizados, portanto a taxa rendibilidade liquida no final dos 8 anos seria 3,65 e não 4.15. Os cálculos seriam feitos assim:
1) 1000 * (1 + TAXA)^8 = 1332,31
2) 1 + Taxa = (1332,31/1000)^(1/8)
3) 1 + Taxa = 1,33231^0.125
4) 1 + Taxa = 1,0365
5) Taxa = 1,0365 - 1 = 0,0365 = 3,65%
Concordas?
Mais explicações sobre este calculo aqui neste forum:
http://caldeiraodebolsa.jornaldenegocios.pt/viewtopic.php?t=74763&sid=ca4885a908b5b9b0b89d62663def582f&js_link=1
De ruicarlov a 13 de Julho de 2013 às 19:43
Sim, sei que para calcular uma taxa propriamente dita são feitos esses cálculos todos. Por essa razão nunca disse que a taxa de juro líquida era x. Como os juros são sempre capitalizados achei mais interessante considerar uma yield, como nas obrigações, que assumem o reinvestimento dos juros.
De margarida a 31 de Julho de 2014 às 16:26
Na procura de informação sobre o Bes vida 7ª serie cheguei aqui, e gostaria de lhe colocar uma questão, no caso do Bes entrar em insolvência o que é que acontece a estes produtos, estarão realmente cobertos por algum seguro ? Poderemos ficar tranquilos? Sei que este post já tem algum tempo, mas espero obter resposta. Obrigado.
De ruicarlov a 31 de Julho de 2014 às 17:17
O BES Vida é uma seguradora, detida pelo BES, e todas as seguradoras estão obrigadas a ter reservas no fundo autónomo que cubra todas as obrigações para com os seus clientes. Logo os buracos do BES não podem ser tapados com essas reservas da seguradora, logo uma insolvência no BES não deve resultar em nenhuma perda se o seguro for de capital garantido.
De margarida a 31 de Julho de 2014 às 17:36
Obrigado pela resposta tão rápida. Foi essa a informação que obtive quando questionei o banco, mas na altura não fiquei convencida, daí a minha procura de mais informação sobre o assunto. Só hoje descobri o seu blog e já é um dos meus preferidos. Parabéns e mais uma vez obrigado.

Comentar post

.Subscrever por mail
.pesquisar
 
.posts recentes

. Poupar com cartões de cré...

. Mais quedas de taxas de D...

. Saída do PrivatBank de Po...

. Administre-se financeiram...

. Depósitos a prazo - A sit...

. Cartões pré-pagos

. Poupar com cartões de cré...

. Englobamento para o IRS d...

. Invest Choice Novos Depós...

. Os certificados de tesour...

.links
.Ganhar dinheiro na net (sites PTC)

Em Português:

.

Em Inglês:

.mais comentados
.Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.últ. comentários
E o cartão 123 do Santander? Dá cash back de 1% em...
Penso que isso seja mais caso a caso, pois todos o...
ola queria pedir uma opiniao.que cartoes ha por ai...
Olá, João!O cartão demora cerca de 1 semana a cheg...
Nem por isso. Parece que são cada vez menos os car...
Para quem faz compras nesses shopings pode ser que...
Conhecem este cartão?http://www.mundicenter.pt/mgc...
Há novidades (positivas) relativamente a este assu...
Ana, que documentos foram necessários para pedir o...
No meu caso o que me disseram era que estavam à es...
.arquivos

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

.tags

. todas as tags

.Directórios/Redes
Directorio de Blogs Portugueses
.subscrever feeds