Para saber o mais rápido possível destas novidades e também sobre novos artigos, está agora disponível subscrever o blog por email. Receba no seu mail todas as acutalizações do Trocos por Miúdos.

Terça-feira, 20 de Março de 2012
PrivatBank - Opinião [Taxas actualizadas - Setembro 2013]

O tópico de hoje é uma opinião sobre o PrivatBank, um banco de leste com sucursal em Portugal.

Tenho-o referido muitas vezes neste blog por ser o banco que consistentemente pratica as taxas elevadas para os depósitos a prazo (DPs), sendo apenas superado por alguns bancos que têm taxas promocionais para novos clientes.

À data de hoje conseguem-se depósitos com duração de 3 meses a 5 anos, com uma TANB até 3,25%.

Já sou cliente desde 2010, altura em que as taxas que se encontravam nos bancos nacionais andavam pelas ruas da amargura, semelhante ao que se passa agora (porque as taxas de referência europeias - as Euribor - estavam igualmente em baixo). Mesmo nessas circunstâncias, onde era rara a taxa que chegasse aos 3%, encontrei no PrivatBank rentabilidades de 4%. Hoje estão um pouco mais baixas, mas cotinuo a considerá-lo um banco onde se conseguem rentabilidades acima da média dos DPs de bancos portugueses.

É um banco bastante pequeno e começou por estar mais virado para emigrantes de leste, embora se tenha vindo a adaptar mais ao mercado português. Mesmo assim, continua a investir pouco em publicidade, logo é desconhecido para a maior parte das pessoas, o que a meu ver é uma pena, e daí surgir este post.

 

Vamos então ver quais são as suas maiores vantagens e algumas características particulares.

Logotipo PrivatBank

 

Taxas de Depósitos a Prazo

 

Todos os DPs oferecidos pelo PrivatBank não têm nenhuma restrição para clientes, sejam eles novos ou fidelizados, com capitais novos ou já existentes no banco. Para além disso, estão disponíveis a partir de 500€, um valor muito acessível para qualquer pessoa.

Têm um sistema de constituição de depósitos por via online, que facilita o processo. Assim, as taxas mais elevadas são:

 

Prazo Taxa Notas:
3 meses 2.00%  
6 meses 2.80%  
1 ano 3.25%  
2-3 anos 2.60%  
5 anos 2.60%  

 

Basta olhar para estes valores e para as melhores taxas praticadas em Portugal para ver que são ainda acima da média (sobretudo para prazos de 1 ano), sendo apenas superado por depósitos promocionais especiais para novos clientes e capitais.

Recordando os tipos de DPs existentes, estes são daqueles em que se deposita o dinheiro, espera-se até ao fim, e recebe-se o dinheiro com os juros. Desde uma alteração recente na sua política, todos os depósitos clássicos passaram a permitir reforços a partir de 20€.

Mobilização antecipada é possível mas com perda dos juros.

De notar que para os prazos de 6 meses e 1 ano é possível constituir o depósito em dólares americanos (USD), à mesma taxa. Para quem pretende depositar nesta moeda, o PrivatBank é do longe o banco que melhor remunera depósitos em dólares.

Para além dos depósitos a prazo não disponibilizam mais nenhumas aplicações financeiras, mas também não é esse o âmbito do banco.

 

Então e para dinheiro que eu possa vir a precisar? Há alguma coisa que permita levantar antecipadamente sem perder juros?

Sim, para mais flexibilidade existe uma conta-poupança (daquelas que podemos reforçar a levantar sempre que quisermos) com 1.5% TANB. Pode ser uma opção interessante para depositar dinheiro no curto prazo, desde que se respeite o aviso de 2 dias para resgates.

De notar que todas as transferências interbancárias via online custam 0.30€ imposto de selo, tendo agora meios de autenticação adicionais para transferências até 20000€. Para transferências frequentes não recomendo esta via mas sim o cartão multibanco, que não tem anuidades para quem possui depósitos a prazo, e que permite realizar transferências no multibanco a custo 0.

 

Segurança

 

Um banco da Letónia? Credo! Que medo! O meu rico dinheirinho desaparece! Não se pode confiar nesses bancos de terceira categoria!

É a reação mais comum quando se fala deste banco a um leigo na matéria. Mesmo algumas das pessoas com que comunico em fóruns de discussão de finanças dão respostas semelhantes.

Não é de espantar. O ser humano desde sempre teve medo do desconhecido. Antes da época dos Descobrimentos, o mar era um covil de monstros, armadilhas e precipícios sem fim. Um banco que surge assim sem ninguém dar por isso e vindo de países dos quais se fala pouco é um alvo perfeito para projetar esses medos.

Mas descansem, que o PrivatBank não é nenhum Adamastor. Permitam-me que seja o Bartolomeu Dias por uns instantes, para ajudar a dobrar este cabo das Tormentas e torná-lo num cabo da Boa Esperança.

 

Ao contrário do que se diz por aí, o PrivatBank não é um "banco de fundo de quintal" nem um banquito de trazer por casa.

Tem por trás um grupo financeiro de uma dimensão considerável, que se tem espalhado por grande parte da Europa.

O PrivatBank é originário da Ucrânia, sendo um dos maiores bancos privados desse país. Cresceu e espalhou-se para outros países, tendo aberto subsidiárias em vários: o MoskomPrivatBank na Rússia, o AS PrivatBank na Letónia, o Tao PrivatBank na Geórgia.

Por sua vez, essas subsidiárias abriram sucursais em vários países. O PrivatBank que temos em Portugal é uma sucursal do PrivatBank da Letónia.

A pequena dimensão que tem no mercado português é apenas a ponta do iceberg de um grupo muito maior. É claro que é um anão ao pé dos grande bancos da Europa Central, como o Barclays e o Deutsche Bank, nem nunca terá a segurança destes, mas também não é frágil como uma casca de noz.

Estrutura do PrivatBank

Mas como o tamanho não é tudo, lembro que todos os depósitos de bancos na área económica europeia estão abrangidos por fundos de garantia dos respectivos países. O valor segurado, tal como em Portugal, é equivalente a 100.000€ por banco e por pessoa. O PrivatBank não é exceção e está abrangido pelo Fundo de Garantia de Depósitos da Letónia.

 

Um fundo da Letónia? Isso vale alguma coisa?

Vale tanto quando o nosso próprio fundo. A Letónia não é nenhum modelo de robustez económica, mas somos nós que estamos entalados numa grande crise de dívidas. Dada a situação atual, não vejo que confiar no nosso sistema de garantia ou no dos letões seja assim tão diferente. E neste caso, a existência de uma casa mãe noutro país dá mais robustez ao banco. Um banco não deixa cair assim uma das suas divisões sem mais nem menos.

 

Mas nunca vi esse banco em lado nenhum. Onde há balcões?

 

Uma das maiores limitações deste banco, tal como dos bancos online, é a existência de poucos balcões. Existem agências em Lisboa, no Porto e em Vilamoura. Vivendo perto destes sítios, a melhor maneira de abrir conta é indo lá pessoalmente.  Mas para quem vive mais longe também há alternativas. A conta pode ser aberta à distância, enviando-se fotocópias autenticadas da documentação habitual (BI, NIF, comprovativo de morada, etc.).

Depois de ter a conta aberta, quase tudo se faz via internet: transferências, constituição de depósitos (com a taxa bonificada, ainda para mais). Para além das operações mais básicas, podem ser feitos variados pedidos através do sistema de envio de mensagens para o banco. Ou então por telefone. Eu só costumo pedir esclarecimentos na agência pessoalmente porque fica a duas paragens de metro do local onde trabalho. Mas podia bem fazer à distância. O número de clientes é suficientemente reduzido para os funcionários os conhecerem todos, mesmo pelo telefone.

 

Agora que já falei bastante sobre este banco, vou resumir os seus prós e contras:

 

Prós

  • Taxas de juro de depósitos a prazo elevadas
  • Mínimos de constituição baixos (500€)
  • Conhecem os clientes
  • Sistema online básico mas suficiente e que possui flexibilidade através do sistema de mensagens

Contras

  • Poucas agências e pouco pessoal para atender os clientes todos
  • Inexistência de outras aplicações financeiras para além de DPs.
  • Homebanking pouco amigo dos novos utilizadores.

Pesando nisto tudo, é um banco que aconselho a qualquer pessoa que queira fazer depósitos a prazo. Dificilmente se encontram outras possibilidades de rentabilizar tanto o dinheiro em depósitos a prazo acessíveis a baixos capitais.

Para quem vive em Lisboa ou Porto, que nem sequer se tem de preocupar com falta de agências, então ainda melhor.

 

PrivatBank na Wikipédia

 

Nota: Não tenho qualquer vínculo profissional com o banco, nem ganho nada em promovê-lo. Esta opinião foi escrita de cliente para cliente, e é apenas o resultado da minha experiência com o banco e da comparação com o restante universo bancário português.

 

publicado por ruicarlov às 22:08
link do post | comentar | ver comentários (157) | favorito
Quinta-feira, 15 de Março de 2012
Depósito Renda Mensal do BiG vai baixar a taxa [Atualizado]

Atualização

 

Ao que parece, a informação que o gestor de conta deu ou estava incorreta ou foi mal entendida pelo cliente. A taxa que vigora é de 4.7% TANB, o que deixa este depósito com algum interesse. Pessoalmente continuo a preferir o depósito Plus do PrivatBank, por ter melhor remunação, mínimos de investimento e flexbilidade. Mas dentro da oferta do BiG, este depósito Renda Mensal é dos melhor remunerados para os clientes fidelizados, pelo que se já tem conta no BiG é uma hipótese a considerar.

 

Depósito Renda Mensal banco BiG

 

Original

 

Quem tem prestado atenção às notícias relacionadas com taxas de juro já se apercebeu que estamos num período de descidas das taxas mais elevadas, embora se tenha registado um aumento das taxas médias praticadas.

Já mencionei a situação do depósito para novos clientes do Invest, e agora parece que é a vez do depósito renda mensal do BiG.

 

 

As características mais vantajosas deste depósito são que tem uma TANB de 5%, com pagamento mensal de juros. Para além disso, não está limitado a novos clientes ou capitais, o que significa que qualquer pessoa que já seja cliente do BiG pode consituir este depósito, embora precise de 10.000€ para o efeito.

 

Pois as informações que encontrei de alguém que falou com um gestor de conta do BiG são de que a partir de 6 de Março esta taxa vai baixar para 4% TANB, o que torna o depósito muito menos interessante. Logo, se alguém tiver oportunidade de investir entre hoje e amanhã, sugiro que se apresse.

publicado por ruicarlov às 10:42
link do post | comentar | favorito
.pesquisar
 
.posts recentes

. Poupar com cartões de cré...

. Mais quedas de taxas de D...

. Saída do PrivatBank de Po...

. Administre-se financeiram...

. Depósitos a prazo - A sit...

. Cartões pré-pagos

. Poupar com cartões de cré...

. Englobamento para o IRS d...

. Invest Choice Novos Depós...

. Os certificados de tesour...

.links
.mais comentados
.Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.últ. comentários
Você está interessado em um empréstimo? nós oferec...
E o cartão 123 do Santander? Dá cash back de 1% em...
Penso que isso seja mais caso a caso, pois todos o...
ola queria pedir uma opiniao.que cartoes ha por ai...
Olá, João!O cartão demora cerca de 1 semana a cheg...
Nem por isso. Parece que são cada vez menos os car...
Para quem faz compras nesses shopings pode ser que...
Conhecem este cartão?http://www.mundicenter.pt/mgc...
Há novidades (positivas) relativamente a este assu...
Ana, que documentos foram necessários para pedir o...
.arquivos

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds