Para saber o mais rápido possível destas novidades e também sobre novos artigos, está agora disponível subscrever o blog por email. Receba no seu mail todas as acutalizações do Trocos por Miúdos.

Sexta-feira, 27 de Abril de 2012
Best Bank e o depósito Up to Seven [TERMINADO]

[Acutalização] A subscrição deste depósito encontra-se encerrada a partir de hoje

 

 

Para quem ainda não deu conta, o Banco Best mudou de imagem (e de nome). É agora o BestBank (para ir na moda dos "qualquer_coisaBank") e adoptou um novo visual.

Não entrando em divagações acerca do novo look do site (leia-se, detesto o novo esquema de cores), o BestBank lançou um depósito especial para celebrar a ocasião. É o depósito Up to Seven

Como o nome indica, é um depósito com uma taxa que chega aos 7%, mas só no último mês, claro. De qualquer forma, a taxa média para os quatro meses do depósito é de 5.25%, ou seja a mesma taxa que o "Depósito 5.25% Já" para os novos clientes.

Depósito Up to Seven

Quais as vantagens?

1 - Não é exclusivo para novos clientes. Clientes antigos que injectem dinheiro fresco no banco podem usufruir deste depósito, com um mínimo de 2500€ e máximo de 50000€.

2 - Tem a duração de 4 meses, ou seja, mais um mês que o depósito Já.

3 - Pagamento mensal de juros, com mobilização antecipada sem penalização se for nessas datas de pagamento.

 

Se olharmos para a restante oferta no mercado, existem depósitos melhor remunerados, ou por mais tempo, no Invest e no PrivatBank.

Mas se é daquelas pessoas que pode vir a precisar de dinheiro no curto prazo, não é uma má escolha.

Se já for cliente do Best e não puder usufruir da promoção de novos clientes, mas não tiver dinheiro neste banco neste momento, é uma boa altura para movimentar para lá alguns €€ e aproveitar esta oferta limitada.

Se depois desses 4 meses não houver mais nenhuma oferta deste género (que é o mais provável), pode-se sempre voltar a por o dinheiro a render melhor noutro banco, à espera que o Best se volte a esmerar.

No ano passado houve um depósito aniversário parecido com isto. Logo já estou acostumado a esperar por estes "rasgos de generosidade" por parte do Best todos os anos.

 

Deixo-vos aqui a ficha de informação normalizada, para quem quiser consultar

publicado por ruicarlov às 18:15
link do post | comentar | favorito
Domingo, 15 de Abril de 2012
Novos clientes vs clientes antigos - Quais as melhores taxas? [Atualizado]

Este post é uma edição/atualização do original. Face às novas limitações impostas pelo banco de Portugal e a descida das taxas Euribor, as remunerações dos depósitos baixaram em vários bancos, pelo que alguns perdem um pouco mais o interesse, enquanto que outros aproveitam para se destacar.

 

Não é preciso ser muito experiente a lidar com bancos para perceber que, para eles, os clientes não são todos iguais. Ou então uns são mais iguais do que os outros*.

É uma vantagem se olharmos para isso como um serviço personalizado, talhado à medida do cliente. Já não gostamos tanto se isso se refletir no rendimento oferecido em troca do nosso dinheiro.

Para além da diferença entre clientes com muito ou pouco dinheiro, é muito frequente haver um grande fosso entre novos clientes e clientes mais antigos.

Quase todos os bancos a operar em Portugal têm neste momento uma aplicação exclusiva para novos clientes ou, com alguma sorte, para os atuais clientes que ponham mais dinheiro no banco.

E se isso permite que encontremos taxas muito boas em depósitos a prazo para novos clientes (com durações variáveis), deixa-nos depois o seguinte problema: o que fazer quando esses depósitos acabarem? Conseguem-se taxas minimamente comparáveis às que se tinham antes?

 

 

Depósitos a prazo para vários tipos de clientes

 

Há algum tempo li um post sobre este tema, onde eram discutidos quais os bancos que mantinham boas taxas mesmo para os clientes antigos. A conclusão que o autor tirou foi que o banco BiG era o que melhores condições oferecia.

Eu concordo apenas parcialmente com essa conclusão. Não há dúvida que que os depósitos deste banco são bons para qualquer cliente. Mas não é o único. De entre todos os bancos que conheço, vou aqui falar dos que considero os melhores e porquê.

 

Banco BiG

 

Já que estou com a mão na massa, começo pelo BiG.

O melhor depósito promocional que comercializa tem a duração de 3 meses e paga 5.5% TANB, só para novos clientes. Qualquer depósito acima de 5% é bom, logo estes 5.5% são bastante atrativos. Mas o prazo poderia ser melhor. Quando os prazos dos depósitos promocionais são muito curtos, mais depressa vamos ter de lidar com as taxas mais baixas para os já clientes.

Para clientes que já não são 'novos', consegue-se para 1 ano 3.75% TANB (a partir de 500€); 4.25% TANB (a partir de 10000€) e 4.35% TANB (a partir de 50000€) Mas dentro da gama dos 10.000€, há um depósito a 1 ano melhor, que não só paga 4.7% (embora tenha descido dos 5% de há um mês atrás) com ainda tem pagamento mensal de juros. Olhando para o resto das taxas, encontram-se valores entre os 3% e 4% para vários prazos, o que não é mau dadas as limitações atuais. A título de comparação, o BEST, tem um DPs para novos clientes com apenas 5.25% e as restantes taxas são normalmente 3% ou menos. Isto ilustra bem porque considero o BiG bastante superior a nível de taxas. O BiG tem estado muito sob as luzes da ribalta com os prémios que tem obtido, o que faz dele uma opção rentável e credível. Mas apesar de tudo não são as melhores taxas do mercado.

 

Banco Invest

 

O banco Invest tem tido um dos melhores DPs promocionais no mercado: 5.25% TANB, 1 ano, mobilização antecipada com 50% de penalização.Para quem teve a sorte de o apanhar ainda a 5.75% e sem penalizações, ainda melhor. Uma vantagem que tem sobre o depósito do BiG é que abrange também clientes mais antigos, embora com dinheiro "fresco" a entar no banco. O que eles consideram novos capitais é todo o dinheiro a mais que entra na nossa conta bancária a partir de uma data X (quando digo dinheiro a mais, estou-me a referir à diferença do dinheiro que lá pomos e o dinheiro que levantámos).

Agora vamos supor que essa data é por exemplo 13 de Setembro de 2011. Se em Outubro alguém (vamos chamá-lo Sr. Zé) pôs no banco 15000€ e levantou 5000€, pode colocar 10.000€ nesse depósito promocional. Mas o mais interessante é que essa data vai mudando periodicamente. De momento, o Invest considera novos capitais os que entraram após 11 de Janeiro.

 

Muito bem. E qual é a vantagem disso?

Enquanto que no BiG e BEST só se pode usufruir uma única vez desse depósito durante todo o nosso envolvimento com o banco, a modalidade do Invest permite constituir esse DP sempre que haja novo dinheiro. E imaginemos que hoje o Sr. Zé volta a pôr no Invest os 5.000€ que levantou em Outubro. Uma vez que a data X mudou de Setembro para Janeiro, esses 5.000€ já podem ser postos noutro DP de 5.75%. Agora vamos imaginar mais para a frente, 1 ano depois, quando esses depósitos promocionais acabarem. O Sr. Zé pode optar por investir os 15.000€ numa aplicação noutro banco, que esteja a oferecer melhores condições. E entretanto, a data X muda novamente. Isso quer dizer que se o Sr. Zé voltar a meter os 15.000€ no Invest, esse dinheiro pode voltar a ser utilizado para o DP de novos capitais. Se pensarmos deste modo, o Invest permite beneficiar de taxas promocionais periodicamente.

É claro que isso só é válido se o depósito continuar a existir nessa altura e mantiver o mesmo tipo de condições de acesso. Tendo em conta que este depósito já existe há um tempo razoável (embora as taxas tenham subido ou descido, consoante o mercado), penso que há boas hipóteses de assim se manter.

 

Isso é muita areia para a minha camionete! Não há nada mais simples?

Há, sim. O Invest também tem um DP que se aplica a todos os clientes e a todo o tipo de capitais (novos ou velhos), que paga 4.75% TANB e tem a duração de 1 ano. Tal como todos os restantes DPs do Invest, o mínimo de constituição é de 2.000€. Para além disso tem uma outra aplicação, o Invest MoneyBox, que é uma espécie de conta à ordem que paga 4% (qualquer montante) onde se pode ir amealhando dinheiro para constituir um dos depósitos a prazo que necessitem de mais capital.

 

PrivatBank

 

O PrivatBank destaca-se por, ao contrário dos casos acima descritos, os clientes serem mesmo "todos iguais". As taxas que pratica, que vão de 5.2% TANB a 3 meses até 6% a 5 anos, aplicam-se sem restrições a qualquer pessoa e a qualquer capital, com um mínimo de constituição de 500€. Todos os DPs são mobilizáveis antecipadamente, mas com penalização total de juros. Ou então, com 4.95% TANB e pagamento mensal de juros, sem penalização dos meses que já passaram até à data da mobilização.

O PrivatBank é por isso o campeão das taxas não só para os clientes antigos, como até para os novos clientes, com condições que conseguem competir com muitos depósitos promocionais de outros bancos. A sua origem letã levanta muitos sobrolhos desconfiados, mas a meu ver não têm grande fundamento (nós os portugueses estamos mais enrascados com as dívidas do que os letões).

 

A minha estratégia atual é deslocar dinheiro de outros bancos para o PrivatBank e aproveitar aí as rentabilidades mais elevadas, já que as taxas dos depósitos ainda não se ressentiram (nem sem se o virão ser) pelas medidas do banco de Portugal.


Barclays

 

A fazer aqui uma aparição surpresa está o Barclays. Apesar de não ser um banco conhecido por boas taxas nos DP (antes pelo contrário) apresenta agora uma taxa de 5% a um ano, para novos capitais (mas para todos os clientes), a partir de 1000€. Um factor importante aqui são as despesas de manutenção de conta (20€ por trimestre), mas que são gratuitas se tivermos mais de 5000€ depositados no banco.

Embora as restantes taxas de DPs sejam muito baixas, 1 ano com esta taxa especial é bastante jeitoso, sobretudo num banco de origem inglesa, logo teoricamente mais seguro que qualquer coisa que tenhamos por cá. Se depois disso não houver bons depósitos, podemos sempre mudar, mas para já recomendo-o.

 

ActivoBank (despromovido)

Quando ao ActivoBank, com a descida das taxas perdeu algum interesse, pelo menos a nível de rentabilidade. O anterior DP para novos clientes (5% a 90 dias) baixou para 4.75% para quem tenha 25000€, ou então 4.25% para menores valores. A única vantagem é que permite manter essa taxa desde que o cliente utilize com regularidade o seu cartão de débito ou crédito, ou então que tenha o ordenado domiciliado no banco.

Os restantes depósitos são inferiores até aos do BiG (mas melhores que o BEST).

 

Banco Finantia 

O Finantia é um caso estranho, que nem sei se deveria incluir nesta lista, já que não só é preciso uma pipa de massa para se ter boas taxas, como após o período promocional só se conseguem misérias de taxas (pelo menos de acordo com o preçário) e levam comissões de manutenção grandes se não tivermos lá dinheiro.

Mas a razão porque apesar de tudo o incluo aqui é, por um lado, porque as taxas promocionais são de 6% e 6.5% (com mínimos de 50.000€ e 100.000€, respetivamente). Por outro lado, porque a sua duração pode ir até 3 anos. Este prazo eleva o estatuto destes DPs de meramente promocionais para algo que considero ser um envolvimento mais prolongado com o banco. Para além disso, segundo alguém que contactou o banco, as taxas podem ser negociadas. Como não conheço ninguém que o tenha feito, não posso tirar conlusões, mas por esse motivo a hipótese de se conseguir alguma coisa de jeito fica ainda em aberto.

 

 

Na restante banca tradicional nacional não se arranja grande coisa. As novas limitações das taxas dão-lhes a perfeita desculpa para não oferecerem melhores depósitos, mesmo para novos clientes.

 

Resumindo, se estiver à procura de um banco onde consiga ter taxas boas durante mais tempo, dé uma olhada a estes bancos e veja quais são aqueles que melhor se adaptam às suas necessidades.

publicado por ruicarlov às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 6 de Abril de 2012
Nova penalização de taxas de depósitos a prazo pelo Banco de Portugal

Depois da sua 1ª intervenção em Novembro, o Banco de Portugal voltou a fazer das dele.

Se antes as taxas máximas dos depósitos a prazo estavam limitadas, agora estão-no ainda mais.

Para quem não está ao corrente, os bancos que ofereçam mais de 3% do que a taxa euribor do prazo respectivo (3,6,9 ou 12 meses) têm uma penalização nos rácios de capital. Desde o início da semana que essa penalização aumentou e o que eles podem oferecer a mais diminuiu, sobretudo para os prazos mais curtos.

Para quem quiser ler a notícia completa, veja aqui

 

E que efeitos é que devemos observar com estas medidas?

Nada de bom, certamente. Á semelhança do que aconteceu em Novembro, o mais provável é que se observem mais descidas das taxas dos DPs, sobretudo para os depósitos de 3 e 6 meses.

Para ficarem com uma ideia de quais são as taxas máximas que entraram esta semana em vigor, deixo-vos esta imagem, pertencente ao artigo indicado.

 

Taxas máximas dos depósitos a prazo

 

Face ao que existia anteriomente, os bancos podem oferecer menos 0,75% para DPs a 3 meses, 0,5% a 6 meses e 0,25% a 9 meses. Para prazos mais longos mantém-se tudo nos 3%.

 

É fácil de constatar que alguns bancos estão neste momento praticar taxas acima do que o Banco de Portugal quer, ainda para mais com as taxas de referência a descer.  Embora uma das ideias principais desta medida seja travar as campanhas de captação de clientes que oferecem taxas elevadas (tipo BIG, BEST e Activo), a meu ver o que vai sofrer um rombo maior são as taxas para os clientes fidelizados, ou seja, aquelas que se aplicam quando um cliente já tem dinheiro no banco.

Obviamente que também se pode esperar uma redução nalgumas taxas promocionais. Por exemplo, o depósito 5,25% Já do BEST chamava-se "depósito 5,5% Já" há uma semana. Apesar de tudo, é uma descida bem menor do que 0,75% (já que o depósito é de 90 dias).

Agora se formos olhar para DPs para clientes fidelizados em bancos como a Caixa ou o Santander, dificilmente encontramos taxas mais elevadas do que os valores da imagem acima.

 

Porquê?

 

Quando falam em penalizações, não estão realmente a tirar dinheiro aos bancos. O que lhes tiram é a possibilidade de incluir esse dinheiro depositado nos seus rácios de capital, ou seja, impedem-nos de apresentar números "mais bonitos" nos relatórios que o Estado e a União Europeia vão analisar.

Atualmente, muitos bancos estão a esforçar-se para captar depósitos, com o objectivo de cumprir os rácios de capital. Logo não interessa a uma Caixa Geral de Depósitos ou a um BCP oferecer taxas elevadas a novos clientes, se depois esse dinheiro não conta para os rácios que eles tanto pretendem atingir.

No outro lado do espetro temos os bancos que já têm uma boa folga nos seus rácios e que podem dar-se ao luxo de sofrer as tais penalizações para captar mais clientes e dinheiro. Nesta categoria estão quase todos os bancos online que, por sinal, já são os maiores "infratores" destes limites. Logo será de esperar que resistam mais a este "aperto" do Banco de Portugal, aumentando as diferenças em relação à banca tradicional.

 

Para onde nos devemos virar?

 

A resposta é óbvia: olharmos para os bancos que se preocupam menos com os rácios. No topo desta lista estão o Banco Invest e o PrivatBank.

Salvo erro, quando um cliente perguntou ao Invest sobre estes rácios, eles responderam que não era uma matéria prioritária para eles, e que ofereciam as taxas consoante condições internas e não pelas imposições do Banco de Portugal. O PrivatBank determina as suas taxas em parte equacionando-as com as taxas da casa-mãe, na Letónia. Não mexeu uma palha quando apareceu a 1ª limitação, logo não creio que o faça agora. Se estes bancos vierem a baixar as taxas, provavelmente será por causa dos valores muito baixos da Euribor.

 

Outra expectativa é que os bancos mais tradicionais larguem um pouco o curto prazo e se foquem em DPs de prazos maiores, logo menos limitados. Se o novo depósito Net 5% do Barclays é alguma indicação, provavelmente alguns vão seguir este caminho. Afinal, o Barclays não é conhecido por praticar taxas elevadas, logo 5% a 1 ano, ainda que para novos clientes, é algo muito bom e inesperado.

 

O BEST também está a tentar lançar outra campanha, que é remunerar a conta à ordem a 5% para quem for novo cliente e fizer conta ordenado, válido por 1 ano.

Mas atenção à marosca!

Conta à ordem 5% no BESTIsto quer dizer que  só o o saldo que estiver entre 1000€ e 7500€ é que é remunerado! Logo, quando o saldo da conta for por exemplo:

1) 1000€ - Não rende nada - TANB = 0%

2) 2000€ - Só 1000€ é que rendem 5%! Sobre os outros 1000€ não se recebe nada. - TANB = 2,5%

3) 7500€ - 6500€ são remunerados a 5% - TANB = 4,33%

4) 10000€ - Só 6500€ é que continuam a ser remunerados - TANB = 3,25%

Ou seja, o dinheiro rende no máximo 4,33%, com 7500€ na conta. Valores maiores ou menores do que isto implicam rentabilidades menores. Não que seja uma má taxa para dinheiro à ordem. Pelo contrário, é bastante decente. Quem estiver a pensar ter conta ordenado no BEST deve aproveitar (para além de outras vantagens como cheques gratuitos). Agora como investimento deixa um pouco a desejar para muitas pessoas, já que se pode fazer um depósito a prazo a 1 ano com 5,45% no PrivatBank ou 5,25% no Invest (novos clientes), ou então dinheiro à ordem a 4% com o Invest Money box, onde o dinheiro rende com qualquer valor, não apenas para >1000€.

 

É bem possível que outros novos produtos apareçam nos próximos tempos, logo é questão de manter os olhos bem abertos para encontrar oportunidades de contornar esta situação.

 

publicado por ruicarlov às 19:36
link do post | comentar | favorito
.Subscrever por mail
.pesquisar
 
.posts recentes

. Poupar com cartões de cré...

. Mais quedas de taxas de D...

. Saída do PrivatBank de Po...

. Administre-se financeiram...

. Depósitos a prazo - A sit...

. Cartões pré-pagos

. Poupar com cartões de cré...

. Englobamento para o IRS d...

. Invest Choice Novos Depós...

. Os certificados de tesour...

.links
.Ganhar dinheiro na net (sites PTC)

Em Português:

.

Em Inglês:

.mais comentados
.Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.últ. comentários
Você está interessado em um empréstimo? nós oferec...
E o cartão 123 do Santander? Dá cash back de 1% em...
Penso que isso seja mais caso a caso, pois todos o...
ola queria pedir uma opiniao.que cartoes ha por ai...
Olá, João!O cartão demora cerca de 1 semana a cheg...
Nem por isso. Parece que são cada vez menos os car...
Para quem faz compras nesses shopings pode ser que...
Conhecem este cartão?http://www.mundicenter.pt/mgc...
Há novidades (positivas) relativamente a este assu...
Ana, que documentos foram necessários para pedir o...
.arquivos

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Novembro 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

.tags

. todas as tags

.Directórios/Redes
Directorio de Blogs Portugueses
.subscrever feeds